Acidentes e traumatismos


Overview

Published: 12/03/2013

Photos

Estimados leitores,

Muitas vezes, no nosso dia-a-dia, sofremos acidentes e traumatismos que afetam os

nossos dentes. Quando tais situações acontecem é importante sabermos o que fazer e

estarmos preparados para agir da forma correta. Por isso, decidi focar nesta edição o

tema dos traumatismos dentários e o que fazer quando estes ocorrem.

Com qualquer traumatismo da boca você deve consultar o seu dentista imediatamente

para saber se é necessário fazer algum tratamento. Se existirem dores devido a um dente

fraturado ou lascado, você poderá tomar um analgésico. Se possível, guarde a parte do

dente que fraturou a leve-a ao seu dentista.

Se um dente "saltar" completamente da boca, um processo chamado de avulsão, devido

a um traumatismo, leve o dente ao seu dentista o mais rápido possível. Poderá ser

possível recolocar o seu dente na boca, um procedimento chamado de reimplantação

dentária.

Dente lascado – se não existir dor e o pedaço de dente é pequeno, é da sua

responsabilidade decidir se quer, quando e como quer reparar o seu dente. Dependendo

do tamanho da fratura, esta poderá ser alisada ou corrigida esteticamente.

Outras opções incluem facetas estéticas, coroas e restaurações. Peça ao seu dentista

para lhe explicar estas opções. Se uma restauração ou dente artificial ficar lascado,

poderá ser substituído.

Dente fraturado ou partido – os dentes fraturados ou partidos devem ser reparados

logo que possível para evitar danos futuros. O tratamento endodôntico (do nervo do

dente) ou a extração dentária podem ser necessários. Se a fratura afeta o esmalte e a

dentina do dente, o melhor tratamento é frequentemente uma coroa. É de lembrar que as

fraturas nem sempre são visíveis, mesmo ao Raio-X. Os sintomas podem envolver dor à

mastigação e sensibilidade com o frio e possivelmente com comidas quentes e liquidas

assim como com o ar, que com o passar do tempo podem tornar-se mais acentuados.

Avulsão dentária – quando um dente sair completamente da boca deve dirigir-se

imediatamente a um dentista porque a chave para o sucesso é através da colocação

desse dente no alvéolo (espaço onde o dente se encontrava) o mais rapidamente

possível. A cada minuto que passa, mais células da raiz do dente morrem e menores

probabilidades de sucesso. Deve pegar o dente pela coroa e não tocar na raiz. Em

seguida deve ter o cuidado de manter o dente sempre hidratado e pode fazê-lo

colocando-o num copo de leite, ou num copo com soro fisiológico, ou debaixo da língua

do paciente com cuidado para não engolir.

A melhor forma de garantir o sucesso do reimplante é de este ser feito nos primeiros

30 minutos, com boas hipóteses a manterem-se até às 2 horas. Pode ser necessário

ao seu dentista fazer um tratamento endodôntico, 1 a 2 semanas após o dente ter sido

estabilizado.

Se houver a perca permanente dos dentes quer por ter sido removido por um dentista ou

tenha sofrido avulsão, estes devem ser substituídos. Esta é a forma de evitar problemas

como a dificuldade de mastigação e de falar, uma alteração da posição entre os dentes,

desordens da articulação temporo-mandibular causadas pelo mastigar do lado que tem

mais dentes e um enfraquecimento do osso maxilar. As opções para substituir os dentes

perdidos incluem pontes, próteses dentárias removíveis e implantes.

Fraturas da mandíbula – se suspeita que você ou alguém tem uma fratura mandibular

não deve tentar mexer nela. A mandíbula deve ser mantida sem se movimentar com um

lenço ou uma toalha enrolada à volta da cabeça. Compressas frias devem ser usadas

para reduzir o edema (inchaço). Vá imediatamente às urgências hospitalares ou telefone

ao seu dentista.

Se tiver alguma pergunta sobre qualquer assunto relacionado com a Medicina Dentária

pode contactar-nos.

Natureza Dental Practice

9 Portland Road, South Norwood, London, SE25 4UF

T: 0208 654 3984

www.naturezadental.co.uk